domingo, 2 de fevereiro de 2020

CAMISA AMARELA

Estando em Amsterdam fui tomado de surpresa ao ser abordado por duas jovens. Era um domingo. Depois do almoço saímos a caminhar pela cidade. A Praça Dam estava repleta de turistas e principalmente de gente jovem. Caminhávamos devagar. Um sorvete, alguns passos e outro sorvete. Uma foto aqui, outra acolá, completamente descompromissados. Num dado instante duas jovens orientais se aproximaram de nós e dirigindo-se especialmente à minha pessoa falaram qualquer coisa que de pronto não entendi, muito embora o fizessem em inglês. Em princípio pareceu-me que falavam algo como yellow shirt parecendo que apontavam para mim. Acabei entendendo que apontavam para a minha camisa amarela. Entre surpreso e interessado tentei dizer-lhes que era brasileiro e que pouco falava e entendia o que estavam dizendo. Pedi-lhes que falassem devagar e assim acabei entendendo que elas estavam participando de uma espécie de gincana e uma das tarefas que deviam cumprir era fazer-se fotografar com alguém que estivesse trajando uma camisa amarela. Consenti em ser fotografado com elas que me agradeceram e sairam apressadas, diria até correndo. Por certo teriam outras tarefas ainda por cumprir. Por conta da pressa delas, fiquei sem uma cópia da foto. Espero que tenha servido para o cumprimento da tarefa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário