domingo, 27 de outubro de 2019

À MODA DA CASA

À MODA DA CASA

Um domingo de maio com muita chuva e frio. O Local? Normandia, na França, onde chegamos no meio da manhã, com o objetivo de conhecer uma das praias onde aconteceu o desembarque das tropas aliadas no Dia D. Escolhemos Arromanches les Bains, onde visitamos um interessante museu. 

No mar ainda se encontram restos das pontes móveis e do porto artificial construído para possibilitar o desembarque dos equipamentos necessários para complementar a operação. Pena que estava chovendo, ventava e fazia frio.

No programa constava conhecer Isigny-Sur-Mer, distante cerca de 40km. Trata-se de uma importante área de produção de leite, conhecida pela sua manteiga e pelos seus queijos .

Isigny foi mais de 60% destruída por bombardeios em 8 de junho de 1944 e desde então vem sendo reconstruída. 

O sobrenome Disney deriva do cantão de Isigny. 

O mais antigo ancestral conhecido de Walt Disney, com um nome semelhante, foi Jean-Chirstophe d´Isigny (“de Isigny”). “D´Isigny” foi, ao longo das gerações, transformado em “Disney” (Fonte: Wikipédia).

A cidade também é conhecida pela produção de caramelos. Estima-se que todo ano, mais de 20.000 pessoas visitam uma empresa produtora de caramelos. Foi o que nos levou a incluir a cidade no nosso roteiro. Mas, o tempo continuou ruim, com chuva, vento e frio, e sendo domingo, nem mesmo procuramos nos informar sobre os horários de visitas. 

Imagem: Google
Apenas paramos em Isigny-sur-Mer para almoçar. Uma pessoa nos indicou um restaurante. O serviço foi demorado mas a comida estava ótima.

Anotei mais de meia hora para que tirassem os pratos e finalmente servissem a sobremesa. 

Pedi a conta, dispensando a sobremesa, ao argumento de que tínhamos alguns quilômetros pela frente.

O rapaz, numa simplicidade lógica retrucou: 

- Mais monsieur, aujourd'hui c'est dimanche!, com certa estranheza, mas com simplicidade, ele nos disse que era domingo e portanto... 

Eu ainda pensei em explicar ao rapaz que o nosso destino era  Mont Saint-Michel onde pretendíamos chegar a tempo para ver a subida da maré, que naqueles dias estava atingindo os níveis máximos. Mas desisti.

Assim, nos submetemos à moda da casa e esperamos a sobremesa. Só depois de saboreá-la, ótima por sinal, nos foi apresentada a conta. Finalmente ficamos liberados e retornamos para a estrada. 

Coisas da França!

Nenhum comentário:

Postar um comentário