domingo, 27 de agosto de 2017

Quase todos os homens morrem de seus remédios, não de suas doenças. (Molière, dramaturgo francês, 1622-1673)

Nenhum comentário:

Postar um comentário