quinta-feira, 20 de abril de 2017

NÃO TROPECE NA LÍNGUA


LATINISMOS: AD HOC, SINE QUA NON, IPSO FACTO
--- O que significa ipso facto? G. B. L., Curitiba/PR
A expressão latina ipso facto quer dizer “pelo próprio fato”, como resultado da evidência do fato, como sua consequência natural; ela é empregada, então, com o sentido de “por isso mesmo, consequentemente, por via de consequência, naturalmente”:
- Ao sucumbir a este sensacionalismo, privilegiando os interesses comerciais em detrimento de um conteúdo jornalístico crítico e, ipso facto, desrespeitando a inteligência do leitor, a Folha macula definitivamente a sua reputação.
- Processados, o juiz de direito acolheu-os, declarando, ipso facto, nula a execução. 
- Não sendo a renovação da licença expressamente requerida pelo contribuinte, inocorre o fato gerador da taxa. Ipso facto, não há como se falar em legalidade de sua exigência na renovação anual.
- Você pode frequentar as aulas, mas isso não quer dizer que seja aprovado e ipso facto receba os créditos da disciplina.
--- Gostaria de saber o significado da expressão sine qua non; qual a origem e qual seu uso. E. A. A., Laranjeiras do Sul/PR
A tradução literal de sine qua non é “sem a qual não”, a indicar que uma condição, fator, cláusula ou circunstância é essencial, indispensável para a realização de determinado ato, evento ou circunstância:
- A capacidade de conter e integrar os impulsos de ódio por meio de tendências amorosas é condição sine qua nonpara tornar possíveis quatro satisfações indispensáveis ao viver: a liberdade, a verdade, a beleza e a justiça.
a expressão latina original já se encontra a palavra “condição” – conditio sine qua non. Neste caso pode também ser usada sem a partícula “non”:
- A quitação das dívidas anteriores foi conditio sine qua non para que o grupo empresarial fizesse novos investimentos.
- O equilíbrio de deveres e obrigações é conditio sine qua da convivência internacional.
--- O que quer dizer um “secretário ad hoc”?  Viviana Silva, Aracaju/SE
A locução latina ad hoc significa “para o momento”. Ela é usada, então, com o intuito de informar que algo (um fato, uma função, um cargo, uma pessoa) é provisório, isto é, foi criado rapidamente, para um propósito específico e momentâneo:
- Em vista da ausência do secretário Paulo Lemos, a nossa gerente de Recursos Humanos vai elaborar a ata na qualidade de secretária ad hoc.
- Tentando entender as causas da inadequação das instituições monetárias e fiscais brasileiras, afirma Franco que elas resultam do fato de terem se desenvolvido para serem mecanismos executores de prioridades nacionais ad hoc sob o controle de regras decisórias autoritárias.
Fonte: www.linguabrasil.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário